Como são feitos os casacos de pele

Vídeo interessante sobre como são produzidos os casaos de pele.

Postado por Paloma às 08h46
  | Encaminhar Este Post

A vez dos cavalos

Além dos pitbulls, agora são  em cavalos que serão implantados chips para identificação do animal.

Em Bauru, os cavalos que estiverem abandonados em ruas, avenidas e rodovias, serão capturados  e  receberão chips para a identificação deles e de seus donos.

Os animais que forem capturados só serão liberados pelo Centro de Controle Zooneses, após a implantação que ira conter as mesmas informações dos chips colocados nos pitbulls, com o nome e o endereço do proprietário. Com essa onda de animais "chipados", com o passar do tempo não haverá raça ou espécie que escapara desta "conseqüência" da tecnologia.  . 

 

Os chips custarão em média R$ 8 a unidade e será implantada na região do pescoço dos cavalos.  

O que esperamos é que este procedimento não possa afetar os animais que estão sendo submetidos à implantação destes chips, que na realidade visa somente à segurança e até colabora para a diminuição do abandono desses animais.  

Até o momento os chips só foram implantados nos cavalos da cidade  de Bauru, especula-se ainda se  este método será adotado por outras cidades de São  Paulo e também pelo Brasil.  

Postado por Danielle às 20h48
  | Encaminhar Este Post

Atitudes que valem apena

Depois de todos os nossos post e debates sobre violência animal, parece que passamos a observar atitudes e comportamentos dos homens em relação aos animais. Sempre idealizamos um mundo perfeito. Sabemos que não é possível que isto aconteça, mas acreditar que pode ser melhor, transforma as atitudes individuais e com isso somam grandes feitos.

É assim em tudo, apesar de que algumas pessoas não mudam porque o outro não muda; eu não vou economizar água enquanto os outros desperdiçam, eu vou jogar lixo no nas ruas porque todo mundo joga, etc, e o mundo sempre vai ser assim. Talvez essa é a causa de as coisas não mudarem. Mário Quintana disse: " o problema do mundo é que ninguém tem nada a ver com isso".

 Não vamos mudar o mundo, mas contribuir para que ele mude. Cuide do seu animal, castre seu cachorro, gato, para que não tenha tantos animais nas ruas. Isso poderá ser exemplo para alguém dizer já que ela (e) cuida, eu vou cuidar também do meu animal.

 

Postado por Sylvia às 10h52
  | Encaminhar Este Post

Quênia - A maior preservação animal

Quênia é o pais africano que mais preserva a vida selvagem, onde os animais vivem em  grandes campos e transitam livremente.

O Parque Nacional de Amboseli, é a reserva em  que mamíferos poderosos como: leões, elefantes, búfalos  moram, fica na fronteira entre a Quênia e a Tanzânia.

Os animais não respeitam  as divisas e  circulam livremente entre os dois paises.

No Amboseli encontram–se mais de mil elefantes e outros gigantes como hipopótamos que comem mais de 200 quilos de vegetais por dia.

Existem mais de 360 espécies de aves dentro do parque, muitas delas raras como o grou coroado, com um penacho na cabeça que é fonte de inspiração para os indígenas que acreditam que o grou avisa quando vai chover.    

As zebras andam sempre em bando e sempre estão em toda parte. A única coisa estranha e rara por lá é a presença humana que não agrada os animais.

As visitas são feitas em carros, e os visitantes não podem sair dos carros, pois os leões podem atacar, outra  área   perigosa do parque é a área  de caça dos animais carnívoros.

È maravilhoso saber que a vida animal é preservada de maneira tão intensa, principalmente  se tratando de vida animal selvagem que muitas vezes é esquecida ou interpretada de forma erronia.Mais bonito ainda é ver como animais de espécies diversificadas podem conviver em harmonia.

Postado por Danielle às 22h00
  | Encaminhar Este Post

Violência com Animais em Rodeios

Vídeo interessante que mostra a crueldade com que os animais em rodeios são tratados.

Postado por Paloma às 19h14
  | Encaminhar Este Post

Foto do Dia


Créditos da Imagem: Wikipedia

Postado por Paloma às 08h22
  | Encaminhar Este Post

Pelo direito dos Vira-Latas

Como se não bastasse todos os dias contarmos com a tristeza de ver cada vez mais cãezinhos sendo abandonados por seus donos, agora temos que lidar com governos que executam sumariamente a população de cães SRD (Sem-Raça-Definida ou mais comumente o Vira-Latas). O comunicado veio de uma organização canadense que intimou o governo egípcio a parar com as execuções por fuzilamento da população de vira-latas do país.

A organização promete que se o governo egípcio não cumprir com o pedido eles procuraram as autoridades dos direitos dos animais para inclusive promover um boicote econômico ao país.

No mundo moderno em que vivemos parece impossível acreditar que pessoas ainda façam tamanha desumanidade com os animais, executando-os a sangue frio. Pensa-se que o homem pode ser realmente racional, mas agir de maneira tão brutal nada mais é do que uma falta de racionalidade sem tamanho.

O governo egípcio bem como outros governos que possuem a mesma prática precisam parar de fazer esse tipo de coisa e arranjar métodos melhores e mais respeitosos de lidar com a super-população de animais de rua/vira-latas, com certeza a execução por fuzilamento não é uma opção.

 

Postado por Paloma às 08h19
  | Encaminhar Este Post

Rãs podem ajudar no combate ao Cancêr

Mais uma notícia interessante do mundo animal. Direto de Tóquio.

Fonte: France Presse


Crédito da imagem: Folha Online

Pesquisadores japoneses conseguiram criar uma rã transparente, cujos órgãos podem ser observados do exterior --o que evita que o animal seja dissecado durante experiências científicas.

"Podemos observar por meio da pele o crescimento dos órgãos, ou ainda quando um câncer se desenvolve", explicou o chefe da equipe de pesquisas, o professor Masayuki Sumida, do Instituto de Biologia de Anfíbios da Universidade de Hiroshima (oeste do Japão).

"É possível observar os órgãos da mesma rã ao longo de sua vida. Os pesquisadores podem também observar sem grande esforço como as toxinas afetam os ossos, o fígado e outros órgãos", acrescentou Sumida.

Os pesquisadores japoneses conseguiram criar a rã transparente por meio de manipulações genéticas a partir de raras espécies albinas de rãs de cauda marrom japonesas (Rena japonica), que são normalmente de cor ocre.

Esses anfíbios manipulados podem se reproduzir normalmente. Os girinos herdam a transparência paternal e maternal mas, por uma razão ainda desconhecida, os primeiros filhotes dessas rãs não sobreviveram por muito

Postado por Paloma às 08h08
  | Encaminhar Este Post

Proibição de Venda e Criação de PitBulls

Notícia interessante:

Olha o absurdo em que chegamos, agora os cães podem ser proibidos de serem criados ou vendidos, culpa de donos inconsequentes que não tem amor pelo seu bicho de estimação:

Fonte: Folha de São Paulo

A Assembléia Legislativa de São Paulo vota nesta quarta-feira o projeto de lei que prevê a proibição da importação, comercialização e criação dos cães da raça pit bull no Estado. Animais de raça derivada do pit bull também serão proibidos, caso o projeto seja aprovado.

O projeto, de autoria do deputado Aloisio Vieira (PDT), dá brechas para quem já possui cachorros da raça pit bull. No entanto, os proprietários podem ser multados caso não cumpram as exigências da lei, se aprovada.

O deputado justifica o projeto com a alegação de que o pit bull é "um animal por natureza anti-social, podendo atacar repentinamente qualquer pessoa ou outro animal. Sua mordida tem uma pressão de 500 kg, podendo causar mutilações e mortes".

O projeto prevê que que todos os animais com mais de seis meses devem ser esterilizados e obriga que todos os proprietários a registrar os animais com mais de 120 dias em órgãos da Secretaria de Estado da Saúde.

Se aprovada, a circulação dos animais por vias públicas fica bem restrita. Os proprietários dos cães poderão levar os animais para passear em ruas, praças, jardins e parques públicos ou nas proximidades de hospitais, ambulatórios e escolas somente entre as 22h e 5h. O cão deve ser levado por pessoas maiores de 18 anos e o animal deve estar em coleira com enforcador, além de focinheira.

Caso o proprietário não cumpra as medidas, ele poderá ser multado em 150 Ufesps (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) --neste ano o valor chega a R$ 2.134,50. Na reincidência, o valor da multa é dobrado e o animal pode ser apreendido.

Postado por Paloma às 08h05
  | Encaminhar Este Post

Abandono de animais domésticos

O abandono de animais, em especial os animais domésticos como cães e gatos, é um problema que afeta cada vez mais os grandes centros urbanos ao redor do mundo, principalmente no ocidente. Contudo, o abandono de animais domésticos não é o único problema, há ainda inúmeros casos de circos que chegam a abandonar leões, tigres, elefantes, etc.

Os donos não medem esforços para cuidar de seus animais de estimação, gastando muito dinheiro em hotéis, spas, comidas, acessórios e medicamentos. Porém, nem todos os animais têm donos tão dedicados. Muitos são abandonados e morrem antes de chegar à vida adulta. Pesquisa realizada pelo Instituto de Proteção aos Animais do Brasil mostra que o número de cães sem dono triplicou em relação a 2002. São capturados pela carrocinha e acabam no corredor da morte. No ano passado, injeções letais mataram 12.356 cachorros - a maioria jovens e saudáveis - só em São Paulo. O Centro de Controle de Zoonoses tenta reverter a situação esterilizando cães: foram 21.234 no ano passado. Um dos motivos de haver tantos animais na rua é financeiro. Está mais que provado que abandonar o animal não é a solução.

Postado por Amanda às 12h03
  | Encaminhar Este Post

Texto alerta

 


Créditos da imagem: Embrapa

No dia 17 de setembro de 2007 a FAO - Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação - divulgou que o aumento da produção dos diferentes tipos de carne também incrementa o risco de transmissão de enfermidades dos animais aos homens, na medida que os países enriquecem e que a população continua aumentando, a demanda de carne e outros produtos pecuários cresce, segundo afirma a FAO, em um documento intitulado "Produção animal industrial e perigos sanitários mundiais".

Devemos responsabilizar aqueles que sustentam essa perpetuação de violência animal, os que comem carne. Para combater uma possível epidemia as empresas injetam grande dose de remédios nos animas e muito hormônio para que crescem logo. Isso acarreta em vários problemas, já que depois todas essas substancias serão ingeridas pelo ser humano.

O texto também alertou que a concentração de muitas aves aumenta a probabilidade de transferência de elementos patogênicos, ou seja, muitas doenças, mas essas citadas são as possíveis transmitidas aos homens.

A pergunta que sempre faço. Você não se sente violento por comer carne? Já que vários animais morrem para nossa alimentação, e estes estão sujeitos a esse tipo de situação.

Postado por Sylvia às 08h23
  | Encaminhar Este Post

O Direito dos Animais é Universal

Mais um país é alvo de criticas por maus tratos aos animais, o alvo agora é o Egito, acusado de executar cães vira-latas  através de práticas, como o fuzilamento.

O país foi intimado a acabar com esta pratica bárbara que é feita pelo serviço público veterinário. O fato já foi passado à imprensa para causar mais impacto e obrigar o Egito a mudar essa conduta em relação ao tratamento aos animais, e adotar políticas de proteção a todas as espécies, principalmente com os vira-latas.

A acusação foi feita por uma organização canadense que também entrou em contato com instituições de outros paises para abolir esta prática, assim como também qualquer tipo de maltrato aos animais.

È surpreendente em minha opinião, saber que até em paises como o Egito onde se quer possa imaginar que haja este tipo de prática  e que é conhecido por ser importante na História, por suas pirâmides  egípcias, por todo seu contexto histórico, precise se conscientizar que violar o direito dos animais é crime.

Mais triste ainda é saber que animais são maltratados em todo mundo, mais em alguns paises, menos em outros, infelizmente isso acontece sem que tenhamos controle.

Já que não podemos conscientizar o mundo, fazemos nossa parte, protegendo, ajudando, é pouco mais já é um começo!   

Postado por Danielle às 21h16
  | Encaminhar Este Post

A triste realidade nos matadouros


Créditos da imagem: Vegetarianismo

A triste realidade nos matadouros

"Se matadouros tivessem paredes de vidro, todos nós seríamos vegetarianos" (Paul e Linda McCartney)

Eu acredito que todo o ser humano necessita de carne e suas proteínas para viver, assim é desde o início dos tempos. O homem sempre caçou seu alimento de origem animal e dele se alimentou durante toda a vida. No entanto o que mudou dos anos para cá é a terrível situação em que os animais agora são "caçados" e mortos pelos matadouros.

A situação em que animais são conduzidos até o "recanto escuro" é desconhecida por muitas pessoas. O transporte até o matadouro se dá em condições mínimas de respeito, para nem sequer lembrar algum conforto. Ao chegar, os animais, nesse caso de porcos e bois, são tangidos ao abatedouro por choques elétricos que os empurram adiante. Quando caem no chão são arrastados pelas patas até o local do abate, onde recebem o doloroso golpe de misericórdia: de 1 a 23 golpes de marreta na cabeça até perderem os sentidos; quando não é marreta é uma estocada na testa com uma lança conhecida como choupa.

Nada escapa da crueldade das pessoas que realizam as matanças. Porcos, cavalos, galinhas e frangos, coelhos, carneiros, cordeiros. Sujeitar um animal a uma morte lenta e doloroso deveria ser passível de prisão pérpetua, no mínimo.

"A decisão é só sua, mas acho importante que paremos para pensar como as coisas realmente são. É muito fácil dizer que os animais não sofrem, não sabem que vão morrer, etc...é cômodo! Não podemos mais ficar indiferentes a carnificina que acontece a todo instante nos matadouros. Temos que nos coinscientizar que a carne não surge do nada embaladinha no supermercado. Há muita crueldade por trás de um simples bifinho...Como já disse, só cabe à você decidir...pense bem!" - Lenita

Postado por Paloma às 08h11
  | Encaminhar Este Post

Sortudo

Anda de rabo no ar
Julga-se o rei de tudo.
Depois põe-se a miar,
Leva vida de gato, o sortudo.

Entre uma e outra miadela
Uma festinha lhe amacia o pêlo
Nunca na vida usou trela
De livre se gaba sê-lo.

Mas as pulgas, essas chatas,
São-lhe fiel companhia.
E é vê-lo abanar as patas,
Quer de noite, quer de dia.

Mas também leva pontapés,
A lei da casa é essa.
Leva quando o olhar de revés,
Não trava o assalto à travessa.

Vinga-se roendo o sapato.
É pura brincadeira.
Desculpa-se porque é gato,
Bicho sem maneira.

Mas ele lá vai indo,
Achando-se o dono de tudo.
Não porque vá sorrindo,
Leva o rabo no ar, o sortudo.

Postado por Sylvia às 12h11
  | Encaminhar Este Post

O menos indefeso é sempre o alvo!

O sexo masculino, comprovadamente, é mais violento. Isto não muda quando se trata de violência contra animais. Uma pesquisa realizada pela APASFA (Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis) comprovou que de 100% de toda a violência animal 76% são causadas por homens. Foi a primeira Instituição que realizou este tipo de pesquisa.

O que vale ressaltar é que a pesquisa ligou o fato da violência animal com a doméstica. 33% dos casos envolvem tiros contra os animais e que as pessoas envolvidas nestes casos tem algum problema familiar, ou seja, agridem também seus parentes.

Na minha opinião, o cachorro é o animal que demonstra mais sentimento para com o dono, mas por incrível que pareça, ele é o maior alvo de violência. Os casos envolvem desde deixar o animal sem comer a vários dias, até bater com caco de vidros.

Por serem indefesos, até mesmo os Pit Buls, eles precisam de proteção, carinho, alimentação. E mesmo que você não queira uma animal, e tem todo o direito, é muito importante denunciar qualquer tipo de agressão.

Não esqueça, denuncie!

Postado por Sylvia às 11h58
  | Encaminhar Este Post

Links

. ARCA Brasil
. Associação Protetora dos Animais
. SOS Fauna
. PETA
. WWF Brasil
. Projeto Esperança Animal
. Pra que abusar?
. Refúgio Animal
. Grades do Condomínio
. Bicho Papão
. Intimidade à Venda
. Cidade de Quem?
. Bala Perdida
. Fragmentos Morais
. Medo Ou Preconceito
. Olha nas Ruas

O BLOG
O Bicho Selvagem é um blog criado por um grupo de alunas do 2ºSEM de jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo, com o intuito de divulgar campanhas, textos e programas de proteção aos animais (domésticos ou selvagens). Esse blog é parte do projeto desenvolvido na disciplina de Jornalismo Digital.

ENQUETE

Você acha que a colocação de microchips em PitBulls ajudará no melhor controle sobre os animais?
Sim
Não

AS FUTURAS JORNALISTAS
Amanda
Danielle
  Paloma
Sylvia

Arquivo

30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007

Votação

[Avalie Este Blog]

Indique Este Blog

[Clique Para Indicar]

Visitas

[ Powered by ]

[ Layout by Paloma © 2007 ]

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular